João Salto

João Salto

O PRINCÍPIO...

Minha foto

A E. M. "João Salto" foi criada pela lei municipal n.º 353, de 25/10/60, pelo prefeito João Salto, autoridades constituídas e demais políticos daquela época, que verificaram a evasão dos jovens que buscavam em outras cidades campo para sua formação profissional. Deu-se o nome de "Escola Técnica de Comércio Municipal de Laranjal Paulista", iniciando suas atividades em um prédio no Largo São João. Depois desempenhou suas atividades no então "Grupo Escolar Quinzinho do Amaral" e em 1968 passou a funcionar no prédio atual. Em 1976, atendeu pelo nome de “Colégio Comercial Municipal de Laranjal Paulista”; em 1977, “Colégio Comercial Municipal “João Salto”; em 1980, Escola Municipal de Primeiro e Segundo Graus “João Salto”; em 1999, Escola Municipal de Ensino Fundamental e Médio “João Salto”; a partir de 2001 até os dias atuais, atende pelo nome de Escola Municipal “João Salto”. Todo ano letivo traz o conhecimento para mais de mil alunos matriculados no ensino fundamental e médio.

UM ESPAÇO A MAIS PARA A NOSSA COMUNICAÇÃO

Disponibilizamos um e-mail para que você possa nos enviar suas fotos, videos, mensagens, dúvidas e outras coisas que possam ser divulgadas no blog ou respondidas. Nos mande a foto ou video que você tem do passeio em classe, alguma matéria que interesse aos seus amigos, algum fato importante... você pode colaborar com a divulagação neste blog. Pedimos que as mensagens enviadas sejam devidamente identificadas e que esteja escrito a autorização da divulgação. Segue o endereço:
emjsalto@gmail.com

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

CURIOSIDADE: MASCOTES

Galo, raposa, leão e porco. Calma, querido leitor, não iremos falar de biologia, mas sim, dos principais mascotes do nosso futebol. Abaixo, você confere os mais importantes. Uma boa leitura!
1 - Mosqueteiro: Bastante popular, ele é um dos mais reverenciados. Sinônimo, todavia, da luta e da audácia corintiana. Sua criação, baseada em um dos importantes personagens da história: D’ artagnan, de Alexandre Dumas.
2 - Galo: Em Minas Gerais, um dos símbolos mais respeitados. Datado dos anos 40, ele faz referência a um antigo galo Carijó. Imbatível, ele seria “homenageado” pela imprensa mineira, ganhando, a partir daí, forte aceitação.
3 - Porco: No Palmeiras, a sua adoção desde os anos 80. Segundo mascote do clube, ele substituiria o antigo periquito verde, presente, por sua vez, desde a criação do time.
4 - Leão: Idolatrado, ele reúne uma série de atributos. Entre os quais: garra, força e determinação. Disseminado no nordeste, ele é uma realização de Humberto Araujo.
5 - Raposa: Em sua origem, um dos mais talentosos dirigentes: Mario Grosso. Astuto, ele seria presidente cruzeirense, atuando nessa função, entre 1942 e 1947.
6 - Santo: Entre os são-paulinos, a sua rápida aceitação. Popular nos anos 40, ele seria difundido constantemente, em especial, na “Gazeta Esportiva”.
7 - Baleia: Sua adoção, mediante a uma provocação do São Paulo. Nesta, a inclusão do termo “peixeiros” para a equipe rival.
8 - Urubu: Na cidade maravilhosa, a sua predileção nos anos 60. Por lá, a rivalidade entre Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco.
9 - Saci: Divertidoele conquistaria os gaúchos. Em sua base, dois itens principais: o gorrinho vermelho, e claro, o calção branco.