João Salto

João Salto

O PRINCÍPIO...

Minha foto

A E. M. "João Salto" foi criada pela lei municipal n.º 353, de 25/10/60, pelo prefeito João Salto, autoridades constituídas e demais políticos daquela época, que verificaram a evasão dos jovens que buscavam em outras cidades campo para sua formação profissional. Deu-se o nome de "Escola Técnica de Comércio Municipal de Laranjal Paulista", iniciando suas atividades em um prédio no Largo São João. Depois desempenhou suas atividades no então "Grupo Escolar Quinzinho do Amaral" e em 1968 passou a funcionar no prédio atual. Em 1976, atendeu pelo nome de “Colégio Comercial Municipal de Laranjal Paulista”; em 1977, “Colégio Comercial Municipal “João Salto”; em 1980, Escola Municipal de Primeiro e Segundo Graus “João Salto”; em 1999, Escola Municipal de Ensino Fundamental e Médio “João Salto”; a partir de 2001 até os dias atuais, atende pelo nome de Escola Municipal “João Salto”. Todo ano letivo traz o conhecimento para mais de mil alunos matriculados no ensino fundamental e médio.

UM ESPAÇO A MAIS PARA A NOSSA COMUNICAÇÃO

Disponibilizamos um e-mail para que você possa nos enviar suas fotos, videos, mensagens, dúvidas e outras coisas que possam ser divulgadas no blog ou respondidas. Nos mande a foto ou video que você tem do passeio em classe, alguma matéria que interesse aos seus amigos, algum fato importante... você pode colaborar com a divulagação neste blog. Pedimos que as mensagens enviadas sejam devidamente identificadas e que esteja escrito a autorização da divulgação. Segue o endereço:
emjsalto@gmail.com

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

ENCEJJA 2009 - UMA ÓTIMA OPORTUNIDADE PARA AS PESSOAS QUE DESISTIRAM DOS ESTUDOS E QUE AGORA DESEJAM CONCLUI-LO

Encceja tem prazo de inscrição prorrogado até 30 de outubro

Seguem até o dia 30 de outubro as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, o Encceja 2009, no nível fundamental. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União de hoje, 7 de outubro. A partir desse ano, a certificação para o nível médio será feita pelo Exame Nacional de Ensino Médio, o Enem.

A prova
As provas contemplam as áreas básicas do conhecimento, sendo elas: Prova I - Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna (Inglês), Artes, Educação Física e Redação; Prova II – Matemática; Prova III – História e Geografia, e Prova IV – Ciências Naturais. Serão 30 itens de múltipla escolha para cada uma das áreas, além de uma proposta de temas para a redação.

A participação no Encceja é voluntária. O exame tem o objetivo de aferir competências e habilidades de jovens e adultos, no nível de conclusão do Ensino Fundamental, que não tiveram acesso ao ensino regular na idade própria. O participante faz a prova e, atingindo a pontuação mínima exigida, é aprovado e certificado na proficiência do ensino fundamental. A idade mínima exigida para o Encceja nesse nível de ensino é de 15 anos, completos até o dia da prova, que esse ano será no dia 29 de novembro.

O interessado deverá chegar ao local de prova com, no mínimo, uma hora de antecedência, sendo que os portões serão abertos 15 minutos antes. Não será permitida a entrada após o início das provas. No período matutino, a prova será aplicada das 8h30 às 12h30 (Ciências Naturais, História e Geografia) e no período vespertino das 14h30 às 19h30 (Língua Portuguesa, Inglês, Artes, Educação Física, Redação e Matemática).

O caderno de questões, em hipótese nenhuma, poderá ser levado para casa após o exame. No cartão de respostas não serão computadas os itens deixados em branco ou que contenham mais de uma resposta, emenda ou rasura, ainda que legível.

Inscrições
O período de inscrições ao exame será de 8 de setembro a 30 de outubro, exclusivamente pela Internet. Os interessados poderão se inscrever pelo site http://www.encceja.inep.gov.br/inscricao, a partir das 8h do dia 8 de setembro até às 23h59 do dia 30 de outubro (horário de Brasília). A participação no exame é gratuita e voluntária. Os participantes devem ficar atentos aos campos de preenchimento. Após o cadastro, deverá ser realizada a impressão desse comprovante com o número de acompanhamento da inscrição e da senha de acesso. O local e a área que o candidato deseja realizar a prova deve ser indicado no momento do cadastro.

Aqueles que realizaram inscrição nos anos anteriores e não obtiveram média para eliminação da área de conhecimento poderão inscrever-se novamente, eliminando a matéria desejada. O Inep mantém em sua base de dados todos os resultados individuais dos participantes, disponibilizando-os às redes de ensino para garantir o processo de certificação.

O número de inscrição é único e definitivo ao longo dos anos e poderá ser usado em quantos exames o interessado quiser participar. Caso o candidato faça mais de uma inscrição, será desconsiderada a mais recente.

Documentos
Os participantes devem ter em mãos no momento da inscrição, obrigatoriamente, o número do CPF e da identidade expedida pela Secretaria de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal; ou o número da cédula de identidade para estrangeiros, expedida pelo Ministério das Relações Exteriores; ou o número da cédula de identidade fornecida por ordens ou conselhos de classes que, por Lei, valham como documento de identidade.

No dia da prova, o interessado deverá portar um dos documentos com foto citados acima, podendo também levar a Carteira de Trabalho e Previdência Social (com foto). Não serão aceitos documentos como Certidão de Nascimento, de Casamento, Título de Eleitor, CNH sem foto, carteirinha de estudante, crachás funcionais de natureza pública e particular, documentos ilegíveis, não-identificáveis e/ou danificados, bem como cópia autenticada desses.

Se no momento da prova o inscrito estiver impossibilitado de apresentar um dos documentos exigidos por motivo de extravio, perda ou roubo, poderá fazer a prova, desde que apresente o Boletim de Ocorrência expedido em órgão policial, com prazo máximo de 90 dias, tendo que se submeter à coleta de informações, assinatura e impressão digital em formulário próprio.

Atendimento especial
Os candidatos que possuem algum tipo de necessidade especial deverão declarar, obrigatoriamente, no ato da inscrição a sua limitação, como condição para receber o atendimento apropriado.

A participante que precisar amamentar deverá fazer a solicitação até o dia 13 de novembro pelos Correios, valendo a data da postagem. A lactante deverá, ainda, levar um acompanhante responsável pela guarda da criança no dia da realização do exame.

Unidades prisionais
Os detentos e/ou internos que estejam matriculados em programas especiais de educação em unidades prisionais e/ou unidades hospitalares farão a prova nos locais de detenção ou internação em que se encontram, mediante Termo de Compromisso firmado entre o Inep e o programa, devendo sua coordenação solicitar formalmente à autarquia o formulário do Termo e enviá-lo, em duas vias, até o dia 18 de setembro.

Manual do inscrito
Todos os que se inscreveram ao exame e tiveram a solicitação confirmada receberão, via Correios, o Manual do Inscrito, contendo as informações gerais sobre o Encceja 2009, as competências a serem avaliadas, os critérios de avaliação de desempenho dos participantes e o questionário socioeconômico, com o respectivo cartão-resposta. O questionário e o cartão deverão ser entregues no dia da prova.

Confirmação de inscrição
O cartão de confirmação de inscrições, contendo o dia, local e horário da prova, juntamente com o número de inscrição, a senha de acesso aos resultados individuais, o cartão-resposta e o questionário socioeconômico serão enviados ao endereço informado no ato do preenchimento do formulário. Caso o candidato não receba a confirmação de inscrição até o dia 9 de novembro, deverá entrar em contato com o Fala, Brasil pelo telefone 0800 61 61 61 ou acessar a página do Encceja, no http://www.encceja.inep.gov.br/consulta. Não será permitida a mudança de local de prova nem de município de opção do participante, informados no ato da inscrição.

Se ainda assim o interessado não conseguir o seu cartão de confirmação, poderá fazer a prova com o comprovante de inscrição.

Operacionalização
O Inep se responsabilizará pela elaboração e envio do Termo de Compromisso de Cooperação Técnica a ser assinado pelas Secretarias de Educação dos Estados, Municípios e Distrito Federal, e pelas instituições que aderirem ao Encceja, bem como a elaboração, impressão, aplicação e correção das provas e das redações e do questionário socioeconômico.

Os boletins individuais de desempenho e a divulgação dos resultados também são de responsabilidade do Inep. Os resultados serão disponibilizados pela autarquia às secretarias de educação para que essas confeccionem os certificados de conclusão dos participantes. O instituto não fornecerá declarações, certificados ou certidões relativas à conclusão do participante, sendo isso de responsabilidade das secretarias.

Boletim individual de desempenho
A previsão de entrega dos resultados é a partir da primeira quinzena de março de 2010, no endereço indicado no ato da inscrição. Os participantes poderão também acessar os resultados pelo site http://www.encceja.inep.gov.br/boletim, munidos do número do CPF e da senha de acesso gerada no momento da inscrição.

O desempenho do candidato será quantificado em cada prova numa escala de proficiência, método conhecido como TRI - Teoria de Resposta ao Item (mesma metodologia usada desde o início deste exame e que será adotada esse ano para o Exame Nacional de Ensino Médio – Enem), estabelecido pelo Ministério da Educação e que será divulgado no site do Encceja, juntamente com o conteúdo programático.

PASSE ESSA MENSAGEM PARA TODAS AS PESSOAS QUE VOCÊ CONHECE E QUE, POR SEUS MOTIVOS, NÃO CONSEGUIRAM CONCLUIR OS ESTUDOS. É UMA ÓTIMA OPORTUNIDADE PARA A PESSOA CONSEGUIR SEU CERTIFICADO DE CONCLUSÃO, FAZENDO A INSCRIÇÃO, ESTUDANDO EM CASA E REALIZANDO AS PROVAS NO DIA MARCADO.